User talk:Teles

From translatewiki.net
Jump to: navigation, search

Welcome to translatewiki.net!

translatewiki.net
Introduction
Getting started
Translation tutorial
How to start
See also
Localisation guidelines
Translating offline
FAQ
Support

Hi Teles. Welcome to translatewiki.net! You can now start translating. You should also check the portal for your language, the link is in the sidebar. Other useful pages are linked in the translatewiki.net menu that comes with this message.

Your translations are transferred to the standard product every few days or every few weeks depending on the product. Please notice that it may take longer before you see your translation in the actual product. It can be just a few days before they appear on Wikipedia, but a few months can pass between each new release of FreeCol.

We wish you a productive and pleasant stay. Please leave any questions on Support. Cheers!

-- 16:56, 2 July 2011 (UTC)

Contents

Thread titleRepliesLast modified
Link > Ligação307:50, 20 October 2012

Link > Ligação

Olá, Teles,

Estive algum tempo fora do translatewiki e notei que você desfez parte da minha tentativa inicial de padronizar termos no dialeto brasileiro da interface em português. Seus sumários de edição continham a expressão "'links' precisa ser traduzido".

Poderia me explicar porque ele "precisa" ser traduzido, bem como o local de origem argumentativo que torna "ligação" o termo adequado para o dialeto brasileiro? Nunca vi, aliás, nenhum brasileiro externo à Wikipédia usando o termo "ligação" para "links"...

Se esta for uma das controvérsias entre linguistas no estilo da "site" > "sítio", já adianto que estou entre os que são contra a aportuguesação forçada de termos. E, que, talvez, esta pequena discordância seja apenas mais uma das necessidades de iniciarmos alguma coordenação de traduções no estilo da que os portugueses fizeram.

555 (talk)14:50, 16 October 2012

Olá. Não sabia que eu estava desfazendo algo. Apenas vi o termo sem tradução e traduzi. Deve ter notado que não sou muito presente por aqui. Portanto, se já há algum consenso sobre manter "link", peço desculpas e sinta-se à vontade pra desfazer minhas edições.

Perguntar o motivo de traduzir "link", na minha opinião, é o mesmo que perguntar o motivo de traduzir qualquer outra palavra. Falou em "aportuguesamento", mas não acho que o que fiz é "aportuguesamento". O que fiz foi uma tradução, já que o termo já existe em português. Aportuguesar "link" seria algo como usar a palavra "linque". "Ligação" é bastante usado, inclusive, em meio profissional. Por exemplo, "Herança ligada ao sexo" (de "Sex Linkage"), assim como falam das doenças (doença ligada ao X, doença ligada ao Y); Glicosilação N-ligada (de "N-linked"); o tão conhecido ELISA, acrônimo cujas duas primeiras letras significam "enzyme-linked" e que é rotineiramente traduzido em publicações científicas como "ligado a enzima" ([1], [2], [3], [4], [5] ...); além de outros temas usarem a mesma tradução ([6]).

Além disso, qualquer tradutor aponta, "ligação" como tradução de "link". Portanto, não há motivo pra usar "link" se há palavra na língua portuguesa equivalente. Que sejam usados "vínculo", "elo", "conexão", "relação" ou qualquer outra palavra que sirva de tradução, mas não há motivo pra manter no inglês algo que existe em nossa língua. Eu vejo como o contrário. Há tradutor que informe "link" como tradução de "link"? Não imagino como eles traduziriam o verbo derivado dessa palavra. Há simplesmente páginas que não traduzem e mantêm esse estrangeirismo desnecessário.‴ Teles «Talk ˱M @ C˲» 02:45, 18 October 2012 (UTC)

‴ Teles «Talk ˱M @ C˲»02:45, 18 October 2012

Você não tinha como saber se fazia ou desfazia algo, já que eu não havia anunciado em lugar nenhum além da minha própria cabeça xD

Discordo dos seus argumentos. Nos casos que você apresentou, de fato, há uso consagrado do termo "link" como "ligação". No caso de termo reduzido de hiperlink, não. Usar "ligação" para o contexto de interface (aliás, "interface" é um exemplo de termo não traduzido e que não recebeu adaptação alguma a não ser em sua pronúncia, já que já existia palavra idêntica em nosso idioma fora do contexto da informática) seria o mesmo que traduzirmos o termo "love" como "amar"/"amor" sempre, coisa que todos falantes nativos da língua portuguesa sabem que não é o adequado.

Se eu for traduzir "he loves him" eu posso obter tanto "ele gosta dele" quanto "ele ama ele" (sic). Na segunda conotação eu posso até mesmo perguntar qual tipo de amor é esse, e inclusive qual a orientação sexual de tal personagem. Em resumo, precisamos de contextualização, não de comparações que não se aplicam.

Talvez fosse melhor ignorar quando você argumenta sobre softwares tradutores mas prefiro demonstrar porque eu os preferiria ignorar:

  1. Se, de um lado, a tecnologia dos mesmos veio evoluindo bastante no decorrer do tempo, por outro, circulam em milhares daquelas correntes de e-mail e redes sociais exemplos onde a pessoa pode digitar (no caso, no Google Translate) o nome de uma marca de um produto e obter outro nome nem sempre relacionado (e que, em algumas vezes, se trata de um concorrente). Algumas dessas já perderam efeito, outras ainda podem ser comprovadas facilmente. Isso porque a interface, em tentativas de melhorar sua precisão, passou a aceitar sugestões de traduções. Ou seja, tão confiável para uma argumentação quanto um jornal publicar um obtuário só porque viu em verbete da Wikipédia que a pessoa teria morrido a minutos atrás;
  2. Digitar o termo isolado faz com que o software obtenha, em modo dicionário, o termo traduzido mais comum;
  3. O software traduz para a língua portuguesa, não para um ou outro dialeto. Ou seja, se em seu banco de dados constar frases do português europeu com "link" junto a termos relativos a informática, ele poderá optar (através de outros logaritmos) tanto usar um termo, quanto outro.

Agora, a sua memória provavelmente te pregou peças, mas a grande maioria das suas alterações foram alterações em páginas do espaço nominal MediaWiki que já existiam, e com texto em português. Por conta disso, me basearei no que é dito na página interna da Wikipedia sobre as versões da língua portuguesa e restaurarei o termo anterior nessas.

[]'s, L.

555 (talk)21:26, 19 October 2012

Não falei em Google tradutor, que traz inúmeras imprecisões; falei de dicionários revisados por humanos, que apontam "ligação", como tradução de "link". Nem falei de traduzir literalmente; falei que devemos traduzir, a fim de passar a mesma mensagem. Usar "ligação" cumpre perfeitamente seu papel.
Não entendi seus argumentos. Fala de traduções que nada têm a ver com o termo em questão. Se nem sempre podemos traduzir "love" como "amar", devemos deixar "love", já que não há termo adequado ou procurar algo com mesmo significado? Usando seu argumento, deveríamos "traduzir" frases inteiras deixando termos em inglês, pois o termo que usa é pesquisa inédita.
Não entendo... vai usar a Wikipédia como referência ou não? Antes disse que não e agora diz que sim. Se formos usar a Wikipédia como referência, deve usar usar "ligações", pois ela traduz "External links" como "Ligações externas". Seria bom ver alguma referência em seus argumentos. Do contrário, eles parecem apenas opinião sua e não vejo motivo pra ser que ela seja mais forte que a minha. Inclusive, me perdoe a sinceridade e não veja isso como ofensa, mas pelo modo como escreve, percebo que esta não é provavelmente sua área de conhecimento. Não é a minha também. Seria bom ver alguma referência ou ter opinião de um tradutor. Pra mim, está fora de questão fazer essa tarefa, pois não tenho tempo e já falta tempo pra fazer outras coisas que queria na Wikipédia. Portanto, se voltar para "link" é errado, não espere oposição de minha parte. Assim como "ligação" seria perfeitamente compreendida, "link" também será, pois estrangeirismos, como "tomar um drink", são compreensíveis, mas qualquer profissional corretor de português olharia torto pra essa frase. Tipo de liguagem condenada no meio acadêmico. Inteligível, aissm cmoo oturos tpios de escirta.

‴ Teles «Talk ˱M @ C˲»07:50, 20 October 2012